Entenda a importância dos KPI ‘s para a gestão saudável da sua franquia – JAH do Açaí
Entenda a importância dos KPI 's para a gestão saudável da sua franquia

Entenda a importância dos KPI ‘s para a gestão saudável da sua franquia

De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o número de franquias em operação cresceu cerca de 5,1% em 2019, e o faturamento do setor também demonstrou uma expansão de 6,9%. O desejo de empreender está no DNA do brasileiro, entretanto, para além de empreender é preciso ter estratégia e planejamento para que o sucesso aconteça.

Para isso, indicadores de desempenho são fundamentais  para medir tanto o sucesso quanto a saúde do negócio. Implementar uma gestão saudável demanda tempo e muito trabalho. Mensurar resultados é importante para entender o que funciona e o que não funciona para a sua franquia.  

Conhecidos pela sigla KPI ‘s, em inglês, key performance indicators, os indicadores de desempenho mensuram e quantificam os resultados obtidos no seu negócio. Se você ainda não sabe como implementar essa estratégia no seu negócio, este artigo é para você. Continue a leitura e entenda a importância dos indicadores de desempenho para a sua franquia. 

Indicadores de desempenho ou KPI ‘s: o que são eles?

É fundamental que todo empreendedor esteja familiarizado com os indicadores de desempenho e como aplicá-los na prática. Isso porque, uma vez gerados esses dados de performance, torna-se possível não só identificar estratégias que funcionam bem para o seu negócio, mas também aquelas que precisam ser melhor desenvolvidas.  

São os KPI ‘s que indicam se o seu planejamento estratégico garante bons resultados ou se ele precisa ser revisto, objetivando garantir melhores resultados. Mais do que mensurar, eles ajudam a identificar os pontos fortes e os pontos fracos do negócio, além dos gargalos e o que precisa ser melhorado. Dessa forma, as métricas ajudam os franqueados a tomarem decisões mais assertivas e de alta performance. 

Conheça os principais indicadores de desempenho neste artigo. É só continuar a leitura! 

1. Retorno sobre o investimento (ROI)

O ROI é uma métrica usada para medir o retorno obtido a partir de determinado investimento. O indicador é utilizado para mensurar diversos objetivos, como campanhas de Marketing, contratação de serviços especializados, entre outros.   

Em uma franquia, deve-se observar alguns fatores ao mensurar o ROI, por exemplo: capital de giro, taxa de franquia, custos de instalação da unidade e royalties. Assim, o investidor conseguirá fazer o cálculo do retorno sobre o investimento que a unidade terá no dia a dia da operação do negócio. 

Para calcular o ROI, usa-se a seguinte fórmula:

ROI = (Receita – Valor investido)/Valor investido. 

2. Custo de Aquisição de Clientes (CAC)

O custo de aquisição de clientes é usado para avaliar qual é o custo para trazer novos clientes para a unidade franqueada. A métrica é fundamental para mensurar os investimentos realizados, de forma que não comprometam a sua margem de lucro. 

Para fazer o cálculo é muito simples: é preciso dividir os custos do marketing e vendas pelo número de novos clientes. O indicador é fundamental para repensar estratégias de forma mais assertiva, com o objetivo de aumentar a lucratividade do negócio.

3. Ticket Médio

O ticket médio é a métrica utilizada para mensurar a média gasta por cliente. O indicador aponta se as estratégias de marketing são eficientes, assim como os colaboradores da unidade e os produtos disponibilizados ao público. 

O KPI pode ser analisado junto a outros indicadores de desempenho, como o CAC – se, por exemplo, o custo de aquisição de clientes for inferior ao ticket médio, significa que o gasto com marketing está maior que o arrecadado, o que aponta para a necessidade de uma possível revisão estratégica. 

Para calcular o ticket médio, usa-se a seguinte fórmula:

Número total de vendas/número de clientes. 

4. Net Promoter Score (NPS) 

O NPS é um método que mede a satisfação do cliente. A métrica é fundamental para compreender o público consumidor e, assim, definir estratégias mais assertivas para o negócio. Para isso, faz-se a seguinte pergunta:

“Em uma escala de 0 a 10, o quanto você recomendaria nossa empresa para um amigo ou familiar?”

 Entender o cliente é fundamental para o sucesso de qualquer negócio. Ouvi-los é muito importante para a saúde e o sucesso da unidade franqueada. Para saber se o NPS é bom ou ruim, basta usar a classificação abaixo e analisar onde o seu resultado se encaixa: 

  • NPS entre 75 e 100: Zona de Excelência
  • NPS entre 50 e 74: Zona de Qualidade
  • NPS entre 0 e 49: Zona de Aperfeiçoamento
  • NPS entre -100 e -1: Zona Crítica

Para calcular o NPS, usa-se as notas dos clientes promotes (notas entre 9 e 10) e os clientes detratores (notas de 0 a 6). As notas entre 7 e 8 não são contabilizadas.Acompanhe o JAH nas redes sociais e para novidades sobre o mercado de franquias, assine a nossa Newsletter.

COmpartilhe esse post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
JAH do Açaí